Mecânico mexendo em escapamento de carro | Qual é a relação entre o catalisador do carro e a potência?

Qual é a relação entre o catalisador do carro e a potência?

O catalisador é um dispositivo muito importante para todos os veículos, incluindo aqueles que utilizam gás natural como combustível, após instalação do Kit Gás. A função da peça é reduzir a emissão de poluentes no escapamento do veículo e, por isso, o dispositivo é instalado acoplado ao escapamento.

O catalisador é responsável pela filtragem dos gases nocivos ao meio ambiente e pela captação dos poluentes. Ele tem em sua parte interna dois elementos químicos que auxiliam nesta tarefa: o molibdênio e o paládio.

Qual a função do catalisador?

Na prática, o catalisador concentra estes dois elementos químicos citados acima (paládio e molibdênio) que interagem com os gases poluentes emitidos na combustão. A reação química transforma os gases nocivos em substâncias menos agressivas, como nitrogênio e vapor de água. Mesmo os carros convertidos para gás, que instalaram o kit GNV, precisam do catalisador no escapamento.

É verdade que retirar o catalisador aumenta a potência do carro?

Quem acredita que remover o catalisador aumenta a potência do carro, incluindo em veículos com kit GNV, pode estar apenas praticando um mito a respeito da manutenção veicular. A potência do carro não melhora com a retirada do catalisador. E tem mais, o carro passa a emitir mais poluentes e se torna uma fonte de impurezas para o meio ambiente.

Além disso, quem acha que remover o catalisador aumenta a potência do carro está adotando uma prática que pode trazer prejuízos, entre eles os seguintes:

  • multa ao motorista que está dirigindo sem o catalisador;
  • aumento no gasto de combustível GNV.

O catalisador é um dispositivo exigido por lei. Quem remove a peça pode pagar multa e ter o veículo apreendido. Portanto, muita atenção para não infringir a legislação e, ainda por cima, ter prejuízos com o desempenho do carro.

Os que defendem a retirada do catalisador para aumentar a potência do carro argumentam que o dispositivo reduz consideravelmente o fluxo de gases no escapamento, atrapalhando a saída. Essa teoria não funciona na prática, já que há uma compensação mecânica projetada para o motor do veículo, ocorrida pelo sistema de ignição e injeção.

Os mecânicos mais experientes, além dos engenheiros, advertem que o catalisador não deve ser retirado em hipótese nenhuma, pois os motores veiculares já são projetados para renderem o máximo de sua potência, sempre com segurança e respeito ao meio ambiente, sem infringir a legislação.

Qual é o tempo de duração do catalisador?

Assim como todas as peças, o catalisador possui vida útil. Segundo estimativas, os catalisadores originais de fábrica duram, em média, 80 mil quilômetros, enquanto as peças de reposição possuem vida útil de aproximadamente 40 mil quilômetros. O importante é procurar um mecânico para a revisão do catalisador quando o veículo atingir essas quilometragens.

Os veículos mais modernos, principalmente os fabricados após 2010, possuem um sistema de alerta ao motorista quando há problemas no catalisador. Estes mecanismos servem para monitorar a eficiência da peça. Nestes carros, uma luz no painel indica deficiência do instrumento.

Outra possibilidade é a danificação do catalisador do carro por entupimento, quebras, trincas e derretimento. Se isso acontecer, a peça precisa ser trocada, já que sua capacidade de filtragem fica definitivamente comprometida.

Por isso, a peça deve ser checada em revisões periódicas do veículo. Em caso de problemas, ela é trocada antes mesmo que o motor do veículo passe a prejudicar o meio ambiente.

Alguns fatores também podem atrapalhar o desempenho do catalisador, como inconsistência no sistema de ignição do carro, utilizar com frequência combustível de baixa qualidade e queima de óleo. Nestes casos, é importante procurar assistência técnica.

Para ficar por dentro de tudo o que diz respeito ao mundo automotivo, continue acompanhando as publicações no blog da Inove Gás! Somos uma rede de oficinas de conversão para GNV no Rio de Janeiro. Todas as nossas lojas são homologadas pelo Inmetro, garantindo qualidade e segurança para você.