GNV: abastecer é muito seguro

Questões relacionadas à segurança do Gás Natural Veicular ainda são cercadas de mitos. Ao contrário do que muita gente pensa, o GNV é uma opção segura, inclusive na hora de abastecer. Isto porque:

  • O gás só inflama a 620°C, enquanto o álcool atinge a combustão a 400°C e a gasolina a 200°C.
  • No abastecimento, o GNV vem direto da Distribuidora, não há contato do GNV com o ar, o que reduz a possibilidade de combustão.
  • O GNV se dissipa rapidamente, diminuindo os riscos de explosão ou incêndio em uma eventual ocorrência de vazamento.
  • O kit gás possui dispositivos de segurança para controlar o comportamento do gás em casos de excessos de pressão, temperatura ou fluxo.
  • Ainda assim, durante o abastecimento de veículos equipados com o kit gás, alguns cuidados devem ser tomados.

O que levar em conta?

Primeiramente, cabe destacar que a instalação do kit GNV deve ser feita em oficina homologada pelo Inmetro, de forma a garantir a qualidade e a confiabilidade dos cilindros, peças e dispositivos de segurança.

A manutenção periódica do sistema de gás também exige a devida atenção do proprietário do veículo.

Outro ponto importante diz respeito à pressão empregada no abastecimento, que não deve ultrapassar 220 kgf/cm². Excessos podem comprometer o sistema, colocando em risco a integridade do veículo e de seus ocupantes.

Nos postos, um aviso informando a pressão máxima de abastecimento deve estar destacado para fácil visualização do consumidor de GNV.

Segurança no abastecimento com GNV

  • No posto, estacione o veículo no local indicado e mantenha o freio de mão acionado;
  • Desligue o motor;
  • Desligue o aparelho de som automotivo e todos os componentes elétricos;
  • Não utilize o telefone celular, equipamentos elétricos e eletrônicos;
  • Desembarque do veículo e permaneça a uma distância segura;
  • Não fume na área de abastecimento;
  • Com o capô e porta-malas abertos, o frentista deverá fazer o aterramento junto à válvula de abastecimento;
  • Após o abastecimento, antes de ligar o veículo, confira se a mangueira foi desconectada.

A maior parte das recomendações acima são comuns ao abastecimento com qualquer tipo de combustível. Assim, é possível afirmar que o GNV não requer tantos cuidados específicos quando comparado à gasolina, etanol e diesel.

Diante disso, não há motivos para não aproveitar as vantagens de ter um carro movido a gás, uma opção comprovadamente segura, além de mais barata e menos poluente.

Instalação segura do kit GNV é primordial

Como a principal medida para evitar acidentes durante o abastecimento dos veículos está relacionada à correta instalação do kit gás, o motorista deve estar atento à esta etapa, contratando um serviço de qualidade e confiança, em acordo com as normas em vigor.

 

Homologada pelo Inmetro, a Inove Gás é uma referência quando o assunto é a conversão para o GNV.  A empresa atua oferecendo ao mercado produtos e serviços com base nos rígidos procedimentos definidos pelo instituto, contribuindo para que o gás natural se consolide como uma opção segura e economicamente viável para os motoristas.