Motorista deve estar atento à pressão do GNV no abastecimento

Motorista deve estar atento à pressão do GNV no abastecimento

O gás natural veicular é um combustível seguro, mas a atenção às normas na hora da instalação, manutenção e abastecimento são essenciais. Um dos cuidados que o motorista de um carro convertido deve ter é quanto à pressão do GNV na hora de abastecer. Alguns postos prometem “maior pressão”. Mas isso seria uma vantagem?

Isso não passa de uma estratégia para atrair consumidores mal informados. Além de não ser vantajoso, pode ser perigoso. Abastecer com uma pressão elevada pode afetar a vida útil do sistema, causando danos ao bico do dispenser e outros componentes, gerando prejuízos e até mesmo um acidente com gravidade.

Leia mais: GNV é seguro? Cuidados simples garantem a segurança do sistema.

Os kits GNV são projetados para resistir a uma pressão de até 220 kgf/cm².

Inclusive, de acordo com resolução da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), todo posto revendedor de GNV deve, obrigatoriamente, informar de maneira clara ao consumidor a pressão máxima de abastecimento com o gás.

A informação sobre a pressão de abastecimento deve ser apresentada de forma clara para o consumidor, de acordo com um padrão determinado, de modo a facilitar a visualização. A fonte, o tamanho das letras, a localização da informação, etc., precisam seguir o padrão definido pela ANP.

Periodicamente, o órgão promove inspeções nos postos para verificar o atendimento a esta determinação, bem como outros itens para a segurança do consumidor.

Já o abastecimento com pressão do GNV menor que 180 kgf/cm² injeta menos gás no cilindro, o que vai comprometer a autonomia do automóvel.

Outro ponto a atentar: a bomba não pode marcar a entrada de mais gás além da capacidade do cilindro. Isso pode significar que há algum tipo de fraude no posto. Por exemplo, ao abastecer um cilindro de 15,5m³, o marcador não pode demonstrar o abastecimento de 17,5m³.

Ao desconfiar de algum tipo de fraude desse tipo, o motorista pode fazer uma denúncia à ANP.

Vale lembrar que o gás é um combustível que não pode ser adulterado, pois chega aos postos por redes de dutos com a sua qualidade já atestada. Dessa forma, interferências nas propriedades do produto nos pontos de venda são inviáveis.

Instalação do kit GNV é com a Inove Gás

Desde a instalação, segurança deve ser a prioridade do motorista. Por isso, conte com a Inove Gás, uma rede instaladora 100% homologada no Inmetro, para a conversão de seu veículo. Encontre uma de nossas lojas perto de você.