Motorista deve estar atento à pressão do GNV no abastecimento

Motorista deve estar atento à pressão do GNV no abastecimento

O gás natural veicular é um combustível seguro, mas a atenção às normas na hora da instalação, manutenção e abastecimento são essenciais. Um dos cuidados que o motorista de um carro convertido deve ter é quanto à pressão do GNV na hora de abastecer. Alguns postos prometem “maior pressão”. Mas isso seria uma vantagem?

Isso não passa de uma estratégia para atrair consumidores mal informados. Além de não ser vantajoso, pode ser perigoso. Abastecer com uma pressão elevada pode afetar a vida útil do sistema, causando danos ao bico do dispenser e outros componentes, gerando prejuízos e até mesmo um acidente com gravidade.

Leia mais: GNV é seguro? Cuidados simples garantem a segurança do sistema.

Os kits GNV são projetados para resistir a uma pressão de até 220 kgf/cm².

Inclusive, de acordo com resolução da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), todo posto revendedor de GNV deve, obrigatoriamente, informar de maneira clara ao consumidor a pressão máxima de abastecimento com o gás.

A informação sobre a pressão de abastecimento deve ser apresentada de forma clara para o consumidor, de acordo com um padrão determinado, de modo a facilitar a visualização. A fonte, o tamanho das letras, a localização da informação, etc., precisam seguir o padrão definido pela ANP.

Periodicamente, o órgão promove inspeções nos postos para verificar o atendimento a esta determinação, bem como outros itens para a segurança do consumidor.

Já o abastecimento com pressão do GNV menor que 180 kgf/cm² injeta menos gás no cilindro, o que vai comprometer a autonomia do automóvel.

Outro ponto a atentar: a bomba não pode marcar a entrada de mais gás além da capacidade do cilindro. Isso pode significar que há algum tipo de fraude no posto. Por exemplo, ao abastecer um cilindro de 15,5m³, o marcador não pode demonstrar o abastecimento de 17,5m³.

Ao desconfiar de algum tipo de fraude desse tipo, o motorista pode fazer uma denúncia à ANP.

Vale lembrar que o gás é um combustível que não pode ser adulterado, pois chega aos postos por redes de dutos com a sua qualidade já atestada. Dessa forma, interferências nas propriedades do produto nos pontos de venda são inviáveis.

Instalação do kit GNV é com a Inove Gás

Desde a instalação, segurança deve ser a prioridade do motorista. Por isso, conte com a Inove Gás, uma rede instaladora 100% homologada no Inmetro, para a conversão de seu veículo. Encontre uma de nossas lojas perto de você.


Compra e venda de carro com GNV

Compra e venda de carro com GNV

Melhor custo por quilômetro rodado, desconto no IPVA em alguns estados, menos danos ao motor, sem risco de adulteração ou de desabastecimento. Essas são vantagens do GNV em relação aos combustíveis líquidos que fazem com que o carro a gás seja atrativo e mantenha um bom potencial de revenda.

Segundo a OLX, carros com o kit GNV instalado são vendidos na plataforma em um intervalo de tempo 10% menor do que os demais.

É comum ouvir que carro com GNV desvaloriza, mas isto não passa de mais um mito. Antes de tudo, é preciso ter em mente que automóvel é um bem que deprecia com o tempo, seja qual for o combustível utilizado.

Em segundo lugar: existe público pra tudo. O GNV já conquistou seus adeptos e muitos motoristas não abrem mão da economia que o gás proporciona.

Quem costuma se interessar bastante pela compra de veículos a gás, por exemplo, são os taxistas e motoristas de aplicativo, que rodam muito e precisam economizar no dia a dia de trabalho para aumentar a margem de lucro.

Comprar um carro com GNV instalado, no entanto, requer alguns cuidados. Em muitos aspectos, os pontos de atenção serão comuns à compra de um usado movido a combustível líquido, mas também há especificidades. Veja algumas dicas:

  • Levante se o documento do carro está em dia;
  • Verifique se já consta o GNV como combustível no documento do veículo;
  • Exija as notas fiscais de compra e instalação do kit GNV;
  • Exija o CSV (Certificado de Segurança Veicular) emitido pelo organismo de inspeção acreditado pelo Inmetro;
  • Confira se os números de série do redutor de pressão e do cilindro são idênticos aos das notas fiscais e do CSV;
  • Cheque ainda se há multas associadas ao veículo ou se há bloqueio administrativo por falta de inspeção;
  • Verifique se a vistoria do Inmetro está em dia e a validade do selo do órgão;
  • Ligue o carro e confira o funcionamento do motor e sistema de injeção tanto com o GNV quanto com o combustível líquido;
  • Atente-se ao funcionamento adequado por meio das luzes do painel;
  • Observe o estado dos pneus, lanternas, vidros, freios, suspensão e lataria;
  • Observe, de maneira geral, a qualidade da instalação do kit GNV;
  • Confira a validade do cilindro e se o prazo de realização do reteste foi seguido.

Se por outro lado, seu desejo é vender um carro com GNV instalado, isso fica muito mais fácil se os itens listados acima estiverem em dia. Uma instalação habilidosa do kit gás nessa hora também vai ser um diferencial importante.

Uma outra alternativa para o motorista que quer vender o veículo é retirar o kit GNV para reinstalar em outro carro. Dessa forma, se desejar, o interessado continua fazendo proveito do equipamento que já conhece, ao mesmo tempo em que disponibiliza o carro para venda movido a gasolina e etanol.

Inove Gás: instalação e manutenção de GNV no Rio de Janeiro

Instalação e manutenção bem feitas são essenciais não só quando se fala na compra e venda de carro com GNV, mas também para a própria segurança do usuário.

Tenha a Inove Gás, uma rede instaladora 100% homologada no Inmetro, como aliada no Rio de Janeiro para executar serviços de conversão e ajustes no seu veículo com qualidade e aquele capricho diferenciado. Encontre uma de nossas lojas perto de você.


10 motivos para mudar para o GNV

10 motivos para mudar para o GNV

Em um momento em que economia e menor emissão de poluentes ganham cada vez mais importância, o gás natural veicular se firma como um combustível alternativo estratégico, que contribui para o bolso e para o meio ambiente. Veja 10 motivos para mudar para o GNV.

1. Mais economia na hora de abastecer

Sem dúvidas, esse é o maior atrativo do GNV. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), o uso do GNV possibilita uma economia de até 65% sobre o valor do litro da gasolina.

2. Melhor rendimento

Movido a gás, o veículo alcança melhor custo por quilômetro rodado (R$/km). O rendimento é 20% maior em relação à gasolina e 50% maior em relação ao álcool, de acordo com a Abegás.

3. Incentivo fiscal

Em alguns estados brasileiros, motoristas que fazem a opção pelo GNV garantem um bom desconto no valor anual do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). No Rio de Janeiro, estado que conta com esse incentivo fiscal, a economia com o tributo chega a 62,5%.

4. O produto não é alvo de adulterações

O gás chega aos postos por redes de dutos com a sua qualidade já verificada. Assim, o usuário paga pelo produto que está consumindo, e não danifica o carro com combustível com propriedades alteradas.

5. Não há risco de desabastecimento

O fornecimento do GNV se dá por meio de gasodutos, de forma segura e contínua, sem risco de interrupção de abastecimento nos grandes centros. Essa foi uma vantagem e tanto durante a greve dos caminhoneiros de 2018. A paralisação da categoria impediu que etanol, gasolina e diesel chegassem às bombas, obrigando muitos consumidores desses combustíveis a deixar o carro na garagem até que a distribuição fosse restabelecida.

6. Maior vida útil do motor

Por não ser corrosivo como os combustíveis líquidos, o gás acaba gerando menos desgaste aos componentes do motor. Bicos injetores ficam limpos por mais tempo, o sistema de escapamento tem a vida útil ampliada e as trocas de óleo lubrificante passam a ser feitas em intervalos maiores.

7.Rápido retorno do investimento com a conversão

O investimento com a instalação do kit gás é rapidamente amortizado. Quanto mais rodar, mais brevemente o motorista recupera o valor investido.

Faça uma simulação e veja em quanto tempo é possível obter retorno do investimento com a instalação do kit de gás automotivo.

8. Menos poluente

O gás emite cerca de 20% menos substâncias tóxicas na atmosfera do que os veículos movidos à gasolina, o que contribui para a redução do efeito estufa.

9. Gigantes do setor automotivo estão apostando no GNV

Em maio deste ano, a Fiat anunciou o lançamento do Grand Siena Attractive 1.4, em uma versão que sai de fábrica preparada para a instalação do kit GNV.

Já a Scania vai incrementar a produção de ônibus e caminhões movidos a GNV e biogás. A empresa vem testando modelos de coletivos com esses combustíveis alternativos desde março.

10. Cenário favorável ao gás

O Brasil passa por um momento em que estão sendo tomadas medidas visando maior competitividade no mercado de gás natural, como a negociação de acesso aos ativos de escoamento e processamento. Com mais concorrência nessa cadeia, a expectativa é de melhores preços para o consumidor final.

Vai mudar para o GNV? Inove Gás!

Os motivos listados acima não deixam dúvidas de que o GNV vale a pena. Mas o processo de conversão requer cuidados. A Inove Gás é homologada no Inmetro e devidamente capacitada para executar serviços de instalação e manutenção do kit GNV com qualidade e segurança.

A equipe especializada da Inove Gás atua para que o GNV, cada vez mais, seja reconhecido uma opção vantajosa e viável. Venha conhecer a nossa proposta! Entre em contato e solicite um orçamento .


Como potencializar a economia com GNV

Como potencializar a economia com GNV

Abastecer com GNV já é sinônimo de economia. Isso porque o gás, quando comparado aos combustíveis líquidos, apresenta menor valor por quilômetro rodado, gera menos danos ao motor e seu uso ainda garante desconto no IPVA em alguns estados.

Para se ter uma ideia, o uso do GNV possibilita uma economia de até 65% sobre o valor do litro da gasolina, segundo levantamento da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás).

Saiba como extrair a máxima economia com GNV

O primeiro passo é a instalação adequada. Cuidado para não cair em armadilhas e instalar o kit GNV em oficinas que não sejam credenciadas ao Inmetro. O que pode parecer mais barato no início, vai custar caro depois. Outro risco ao escolher mal a convertedora é comprometer a sua própria segurança.

Uma instalação bem planejada também é importante para não pesar excessivamente o veículo com cilindros que não sejam ideais para seu modelo de automóvel. Quanto mais pesado o carro, mais o motorista precisará acelerar para colocá-lo em movimento. Por isso, recorra a uma oficina capaz de executar o serviço customizado para seu veículo e sua necessidade.

Depois disso, basta ficar de olho em algumas dicas simples para manter o consumo do gás automotivo sob controle no dia a dia. Confira a seguir:

  • Mantenha a aceleração leve: deixe o carro desenvolver gradativamente, sem acelerações bruscas.
  • Troque as velas periodicamente: elas devem ser substituídas a cada 10 e 20 mil quilômetros rodados. /li>
  • Mantenha o filtro de ar sempre limpo e desobstruído. O filtro de ar sujo pode reduzir o desempenho do veículo em até 10%.
  • Regulagem do kit gás 3ª ou 5ª geração: mantenha sempre em dia para garantir o bom funcionamento do veículo.
  • Instale um variador de avanço, se necessário: esse equipamento proporciona melhor queima do GNV, o que contribui para mais economia.
  • A manutenção preventiva tem papel importante para reduzir o consumo de combustível por quilômetro. Invista na conservação de seu veículo.
  • Instalação e manutenção de kit GNV: escoIha a Inove Gás!

    A Inove Gás é parceira do motorista interessado na economia com GNV. A empresa realiza a conversão em acordo com as normas do Inmetro, e desenvolve um planejamento adequado à necessidade do cliente.

    Além da instalação, conte com a Inove Gás também na hora de fazer a manutenção do seu veículo. O nosso acompanhamento especializado periódico evita que o condutor rode com algum item desajustado capaz de gerar o aumento do consumo de combustível.

    Com a Inove Gás como instaladora e seguindo essas dicas simples, a economia com GNV é certa. Entre em contato e solicite um orçamento .


Cilindro de GNV: faça a escolha certa

Cilindro de GNV: faça a escolha certa

Componente principal dos kits GNV, o cilindro tem relação direta com a autonomia do veículo. Na hora de escolher o equipamento, é importante avaliar o modelo do carro, o tamanho do porta-malas, a capacidade de abastecimento desejada e, claro, a necessidade do motorista.

O mercado oferece diferentes opções de cilindro de GNV. Confira quais são os modelos mais comuns:

Cilindro de 7,5m³: equivale a cerca de 10 litros de gasolina ou 13 litros de etanol. É o modelo mais compacto e uma boa opção para quem não roda tanto. Por ser menor, não toma muito espaço do porta-malas. Muitos optam por utilizar dois cilindros desse porte, dobrando a capacidade de abastecimento e otimizando o espaço, nos casos de modelos de veículo que comportam um cilindro de 7,5m³ sobre o outro. Cada cilindro desse tipo roda em torno de 90 km.

Cilindro de 9,5m³: apresenta um diâmetro ligeiramente maior que o cilindro de 7,5m³, o que já é suficiente para gerar cerca de 20 a 30 km a mais de autonomia. Também é comum ser usado combinado com o cilindro de 7,5m³ nos carros que suportam.

Cilindro de 15m³: equivale a cerca de 21 litros de gasolina ou 28 litros de etanol. É a opção mais procurada pelos motoristas. Com um desses é possível rodar, aproximadamente, 180 km.

Cilindro de 17m³: equivale a cerca de 25 litros de gasolina ou 31 litros de etanol. Tem o mesmo diâmetro do cilindro de 15m³, mas tem maior comprimento, o que acaba restringindo seu uso em carros menores. Roda cerca de 230 km.

Cilindro de 21m³: é um tipo mais caro, por fazer parte de uma linha especial de cilindros de maior diâmetro. Tem grande capacidade, mas é um modelo bem leve. Com um desses é possível rodar, aproximadamente, 270 km.

Esses são só alguns exemplos. Existem cilindros GNV de outras dimensões e uma convertedora de confiança será capaz de avaliar qual opção é mais adequada e satisfatória para cada caso.

Inove Gás: a melhor solução para seu veículo

É comum que o motorista chegue à loja instaladora com uma ideia formada sobre o tipo de cilindro de GNV que pretende utilizar no veículo e até mesmo a quantidade. No entanto, deve ser feita uma avaliação criteriosa para definir qual o melhor projeto para cada carro.

Na Inove Gás é assim: o cliente recebe um atendimento customizado. A equipe avalia o modelo e as condições do veículo, bem como a demanda específica daquele motorista. Para alguns, o espaço no porta-malas é muito importante, outros desejam rodar muito com poucas paradas para abastecer, entre diversas necessidades.

O resultado dessa avaliação é um projeto bem dimensionado, que não irá danificar partes do carro, gerar peso desnecessário com o excesso de cilindros, prejudicar o desempenho ou comprometer a capacidade de abastecimento desejada pelo usuário.

A Inove Gás tem a MAT como fornecedora de componentes, uma empresa que é referência como fabricante de cilindros no mercado nacional e internacional.

Também é importante destacar que toda rede da Inove Gás é homologada no Inmetro, o que confere credibilidade a todas as lojas do grupo para oferecer serviços de instalação e manutenção de kit gás com qualidade e segurança.

Você pode ter acesso à melhor orientação para fazer uma escolha certeira do cilindro de GNV. É possível aliar autonomia, desempenho e economia! Vem pra Inove Gás! Entre em contato e solicite um orçamento .


8 dicas para economizar e colocar a vida financeira em ordem

Contas em dia, uma grana para curtir um pouco e uma sobra para investir. Ter uma vida financeira equilibrada é o desejo de muitos brasileiros, mas apenas uma parcela consegue alcançar essa tranquilidade.

Manter a vida financeira organizada, mesmo nos casos em que os rendimentos não são tão altos, é possível. Mas não se engane: esforço, organização e disciplina são fundamentais. Confira algumas dicas:

1. Registre seus ganhos e gastos

Comece registrando o que gasta com o objetivo de compreender para onde o dinheiro que você ganha está indo. É possível controlar isso usando planilhas, fazendo anotações e guardando recibos. Uma alternativa é usar um aplicativo de finanças pessoais no próprio smartphone. Até mesmo alguns bancos já oferecem esse tipo de recurso associado à conta.

2. Repense seus hábitos

A partir do momento em que se toma conhecimento de todos os gastos, dá pra analisar o que é possível cortar. É provável que identifique alguns excessos e compras de itens supérfluos.

Analise se é possível enxugar despesas básicas, como água e luz, por exemplo. Valores dos planos de telefone e internet podem ser negociados com as empresas? Já tentou solicitar a redução ou mesmo a isenção de tarifas bancárias e da anuidade do cartão de crédito?

Vale também reavaliar a necessidade de manter um cartão de crédito. E caso precise, evite ter mais de um. Além disso, esteja ciente que pagar apenas o valor mínimo da fatura é uma armadilha, pois recaem juros pesados sobre essa opção oferecida pelas administradoras. Fuja!

3. Renegocie suas dívidas

Mesmo que já esteja no vermelho, ainda é tempo de sonhar com uma vida financeira tranquila. Procure a instituição credora para renegociar sua dívida, peça desconto e escolha um plano de pagamento realista.

4. Estabeleça objetivos

Saber onde quer chegar dá mais sentido ao esforço. Assim, também é possível enxergar mais claramente a quantos passos está da conquista de botar ordem na sua vida financeira.

5. Crie o hábito de poupar

Defina uma quantia mensal para poupar e se programe para cumprir. Especialistas costumam recomendar que o valor mínimo mensal fique em torno de 10% da renda líquida.

Pesquise por alternativas mais rentáveis que a poupança, que não tem apresentado bons resultados. Busque informação sobre investimentos e escolha uma opção adequada ao seu perfil.

6. Faça uma reserva para emergências

É preciso estar preparado para imprevistos. E uma reserva para emergências garante mais tranquilidade quando você se vê diante de situações inesperadas, como um gasto extra com um conserto em casa ou mesmo a perda do emprego.

Recomenda-se que essa reserva seja suficiente para manter o seu padrão de vida por no mínimo seis meses.

7. Seja disciplinado

Sem disciplina não dá pra ter uma vida financeira tranquila. É preciso se manter firme e se organizar para seguir seu planejamento.

8. Economize com combustível

Quando se fala em economizar com combustível, pode vir à mente tirar menos o carro da garagem, já que o preço do etanol e da gasolina andam pesando no bolso.

Mas diminuir a frequência do uso do veículo não é algo possível para todos. Para este público que não pode ou não deseja deixar de usufruir do conforto e da praticidade de rodar de carro, o gás natural veicular é uma solução viável, mesmo com o investimento inicial na conversão.

Calcule aqui se o GNV pode ser uma boa alternativa para você. Veja em quanto tempo terá o retorno do investimento com a instalação.

O GNV tem uma série de vantagens em relação aos combustíveis líquidos. O menor preço é só uma delas. O gás ainda proporciona economia com a manutenção do veículo, pois é mais limpo e gera menos danos ao motor. E não para por aí! No Rio de Janeiro, um incentivo fiscal garante um desconto de 62,5% no IPVA para os veículos movidos a GNV. Ou seja, é economia ao abastecer, economia para manter o veículo em bom funcionamento e economia na hora de pagar o imposto.

Constatou que o GNV é a melhor opção? Agora é partir para a conversão. Faça um orçamento na Inove Gás , a melhor rede instaladora do Rio de Janeiro. Economize também com combustível e dê mais um passo rumo à vida financeira que sempre desejou.


Perda de potência com GNV: o que é verdade?

A perda de potência com GNV costuma ser colocada como a grande desvantagem da conversão. Fazendo uma análise simples, é mesmo possível afirmar: há interferência no desempenho do veículo, a perda é real.

Real, mas insignificante. Os veículos que utilizam o gás registram uma perda de potência de aproximadamente 3% em comparação com os carros que usam outros combustíveis. Segundo a Naturgy, concessionária de gás natural no Rio de Janeiro, a perda é imperceptível quando é feita a correta instalação do GNV.

Na prática, a perda de potência não chega a comprometer o dia a dia do usuário. Além disso, ao avaliar somente este ponto e de forma tão superficial, o motorista estaria deixando para trás tudo que o gás tem de vantagem: mais economia no abastecimento, desconto no IPVA, menos danos ao motor e menor impacto ambiental.

Mas e a capacidade de arranque?

Compatível com a tecnologia dos veículos atuais, o kit de 5ª geração vem deixando motoristas muito satisfeitos com o uso do GNV. Esse tipo de kit alcança melhor desempenho no arranque por utilizar combustíveis líquidos para dar partida e, logo em seguida, de forma automática, passar para o uso de gás.

Um equipamento opcional no kit é o variador de avanço , que auxilia o funcionamento do motor com GNV, adequando o ponto de ignição ao uso desse combustível. Isso contribui para que a perda de potência seja bastante reduzida.

Qualidade da instalação x Desempenho do veículo

O desempenho de um veículo convertido para o uso do gás está diretamente ligado à qualidade da instalação. Por isso, o motorista deve:

  • Verificar se a oficina instaladora é credenciada no Inmetro;
  • Buscar referências sobre a capacidade técnica da oficina;
  • Verificar se a oficina emprega componentes de qualidade na conversão;
  • Solicitar orientação sobre o kit GNV mais adequado ao modelo do veículo para fazer a melhor escolha;
  • Verificar se a instaladora oferece algum tipo de garantia sobre o serviço executado.

Tomando esses cuidados será possível aliar toda a economia que o GNV proporciona a um motor com a potência muito próxima do originalmente programado para o modelo do veículo.

Encontre na Inove Gás a solução para a melhor performance

Com a Inove Gás, a qualidade é garantida em todo o processo de instalação. A empresa é homologada no Inmetro, trabalha com os melhores fornecedores do segmento GNV e conta com profissionais capacitados e preparados para prestar um atendimento individualizado a cada cliente, de modo a oferecer a melhor solução para que o veículo convertido alcance a melhor performance.

Vá à loja da rede Inove Gás mais perto de você , faça um orçamento gratuito e tire todas as suas dúvidas sobre o desempenho do veículo adaptado para o GNV.


Manutenção do GNV: motor a gás tem particularidades, mas manutenção é simples

Manutenção do GNV: motor a gás tem particularidades, mas manutenção é simples

A manutenção do GNV é essencial para o bom funcionamento do veículo e, claro, para a segurança do motorista. É importante destacar, no entanto, que manter a conservação de veículo movido a gás se equipara às necessidades de um carro a gasolina ou etanol.

Sim, há algumas particularidades devido às próprias características do combustível. Também é imposta uma rotina de manutenção preventiva com o GNV, pois é preciso rodar com o certificado anual válido. O aspecto positivo é ter a certeza de sempre circular com o melhor desempenho, melhor rendimento e com um sistema seguro.

O que muito se diz por aí é que o gás traz prejuízos ao motor. Tal afirmação não se sustenta quando especialistas do ramo automotivo são consultados. Segundo a Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), o GNV aumenta a vida útil do motor , que se mantém em boas condições de limpeza. Isso porque o combustível é mais limpo e contém menos impurezas que danificam as peças.

Manutenção do GNV: cuidados necessários

O principal cuidado relacionado não somente à manutenção do GNV, mas também à instalação do kit, diz respeito à escolha da oficina instaladora, que deve constar na relação de estabelecimentos credenciados pelo Inmetro.

Somente uma empresa certificada será capaz de orientar adequadamente o proprietário do veículo sobre os itens que precisam ser revisados e com que periodicidade, além de, na execução do serviço, empregar componentes de qualidade atestada.

Os cuidados com a manutenção do GNV são muito semelhantes aos de um carro movido a combustível líquido. Ou seja, em geral, valem os prazos de revisões recomendados no manual do proprietário de cada veículo.

As orientações específicas para quem roda com o gás estão relacionadas à vela, cuja troca deve ser feita a cada 15 mil quilômetros, e ao filtro de ar, item que deve ser verificado a cada 10 mil quilômetros rodados. Também vale mencionar que é preciso fazer o reteste hidrostático obrigatório dos cilindros a cada 5 anos.


GNV aumenta a vida útil do motor

A opção pelo Gás Natural Veicular (GNV), além de benefícios como maior rendimento, segurança e menor impacto ao meio ambiente, pode representar também menos idas ao mecânico por conta de danos ao motor. Essa é mais uma vantagem quando se leva em conta a economia que a conversão para o gás automotivo gera para os motoristas.

De acordo com informações da Petrobras Distribuidora, o GNV aumenta a vida útil do motor, que se mantém em boas condições de limpeza. Dessa forma, registra-se um desgaste menor para um mesmo período de utilização do carro, quando comparado com o uso de motores movidos a combustíveis líquidos.

Assim, de uma maneira geral, frente à gasolina e ao etanol, o gás causa menor dano aos componentes do veículo.

Entre outras vantagens, o GNV:

  • é mais limpo e contém menos impurezas que possam danificar as peças;
  • aumenta a durabilidade do óleo lubrificante, pois não entra em contato com o fluido;
  • prolonga a vida útil do escapamento em cerca de 20%;
  • mantém as partes do motor secas, contribuindo para que os dutos fiquem mais limpos.

Conversão com qualidade e segurança para maior durabilidade do motor

É importante destacar que somente quando o kit gás é instalado atendendo a rigorosos procedimentos de qualidade e segurança, e a manutenção é feita com a periodicidade recomendada, o uso do GNV contribui para a maior durabilidade do motor.

Assim, a conversão para o gás e as revisões periódicas do kit só devem ser realizadas em oficinas credenciadas ao Inmetro.

Segundo recomendações do instituto, também é preciso avaliar as condições do veículo antes de fazer a instalação do kit, verificando a ocorrência de problemas mecânicos ou elétricos que possam afetar, no futuro, o funcionamento do sistema de GNV.

Rodar milhares e milhares de quilômetros sem ter que se preocupar com problemas no motor é possível. Mas é fundamental recorrer a uma convertedora que atue em conformidade com os protocolos do Inmetro, de forma a ampliar a vida útil do motor e a fim de eliminar os riscos da operação de conversão e de uso contínuo do automóvel.

Com a Inove Gás, o motorista tem a garantia de que o serviço executado irá proporcionar a segurança necessária e a durabilidade esperada. Homologada pelo Inmetro, a empresa é especialista na instalação de kits GNV no Rio de Janeiro, em atendimento às rígidas normas do órgão.

Conte com a Inove Gás para sair por aí aproveitando todos os benefícios do GNV. Entre em contato e faça um orçamento.


GNV apresenta melhor rendimento e segue como opção mais vantajosa

A competitividade do Gás Natural Veicular (GNV) pode ser atribuída a fatores diversos, mas o maior rendimento frente ao etanol e à gasolina é, sem dúvida, um de seus principais atrativos para os motoristas.

Alternativa cada vez mais consolidada no mercado, o GNV fechou 2018 registrando números positivos. Segundo a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), o consumo do combustível automotivo teve alta de 12,2% em comparação a 2017.

O crescimento revela que os consumidores seguem avaliando o gás como uma opção viável e vantajosa para o bolso.  

Melhor custo por quilômetro rodado

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), em nota técnica divulgada no final de 2018 sobre a competitividade do GNV, pontuou que o consumidor não deve se limitar à simples comparação do valor de venda do gás, da gasolina e do etanol nos postos para fazer a melhor escolha.

Quem quer economizar na hora de abastecer o carro deve cruzar o preço do combustível com o índice de eficiência, afirma o órgão.

A economia para quem adere ao GNV chega a ultrapassar 60%. O levantamento mostrou que é possível rodar uma distância de 10 quilômetros com:

  • R$ 2 de GNV
  • R$ 4,2 de etanol
  • R$ 5,2 de gasolina

O estudo simulou ainda um cenário extremo em que o preço do GNV se igualava ao da gasolina (tendo como referência os valores de outubro de 2018). Mesmo assim, a utilização do gás apresentava economia de 25% em relação à gasolina e em torno de 16% frente ao etanol.

A Naturgy, multinacional do ramo de gás e eletricidade, também destaca que é possível ir muito mais longe quando se opta pelo GNV. A economia é de até 62%, de acordo com a empresa.

Ao melhor rendimento, somam-se outros pontos positivos do uso do gás automotivo em relação ao etanol e à gasolina, seja no aspecto técnico, ambiental, econômico ou no que diz respeito à segurança. Veja abaixo outras vantagens:  

  • Veículos movidos a GNV têm desconto no IPVA em alguns estados, como no caso do Rio de Janeiro, por exemplo;
  • O GNV é comercializado dentro de elevados padrões de segurança, sendo muito remota a possibilidade de escape para o ambiente;
  • Apresenta menor risco de adulteração nos postos, pois chega por meio de gasodutos;
  • O gás gera menos desgaste aos componentes do motor e permite maior intervalo entre as trocas de óleo lubrificante;
  • É um combustível de menor impacto ambiental.

Aproveite todas as vantagens do GNV

Quem deseja rodar mais gastando menos, deve recorrer a um parceiro de confiança para a instalação do kit gás. No estado do Rio de Janeiro, o motorista encontra na Inove Gás a melhor solução para aproveitar os benefícios do GNV com toda a segurança que o processo de conversão exige. A empresa é homologada pelo Inmetro, o que comprova que os serviços oferecidos são executados atendendo a um rigoroso padrão de qualidade.


Menos poluente e com mais qualidade, esse é o GNV

Livre das flutuações de preços que a gasolina e o diesel estão sujeitos, o que deixa os motoristas felizes porque não mexe muito no seu bolso, o GNV vem ganhando cada vez mais espaço nas ruas, tanto que já vimos há alguns anos a real revolução do gás natural. Mas o que é o gás natural? O gás natural é uma fonte de energia fóssil que além de ser usado como combustível, também pode ser usado para fabricar materiais e produtos químicos. Mais barato que todos os outros combustíveis, o gás natural também favorece o meio ambiente, porque emite menos dióxido de carbono e outros poluentes. Uma das razões pelo qual o gás natural é chamado de “limpo” é porque ele emite 50% menos de dióxido de carbono em relação ao carvão quando você o queima. Sendo assim, o mesmo acaba sendo visto por algumas pessoas como um combustível ponte, ou seja, que funciona muito bem até que as energias renováveis que produzem zero carbono possam se tornar uma realidade na vida da população.
A tecnologia atual do GNV é baseada principalmente em motores de ignição por faísca, o que acaba suscitando numa vantagem adicional, que é a redução de ruído. Graças ao ciclo Otto (admissão, compressão, combustão e escape), as aplicações de GNV oferecem menos ruído de combustão, traduzindo-se em menos vibrações e operações suaves. Comparado ao Diesel, por exemplo, a redução de ruído pode chegar em até 50% .
A tecnologia usada em veículos a gás natural é madura e segura, não se sinta inseguro ou fique na dúvida quanto a instalação do seu kit gás, porque os benefícios são muitos. E por último, mas não menos importante, as reservas de gás natural são mais abundantes do que as do petróleo bruto.

Vai de GNV: a sua mudança mais econômica

Rodar mais e gastar menos com combustível é, sem dúvidas, um interesse comum entre aqueles que fazem uso particular do carro, frotistas, taxistas e motoristas de aplicativo.

O que os consumidores mais antenados sabem é que a opção pelo Gás Natural Veicular (GNV) representa uma vantagem e tanto para o bolso. Dados da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) confirmam que o uso do GNV proporciona uma economia de até 65% sobre o valor do litro da gasolina.

Além do custo mais baixo nos postos, o uso do gás automotivo traz ainda outros benefícios quando o objetivo é economizar. Confira a seguir:

 

GNV rende mais

Movido a GNV, o veículo alcança melhor custo por quilômetro rodado (R$/km). Segundo a Abegás, o rendimento é 20% maior em relação à gasolina e 50% maior em relação ao álcool.

 

Menos danos ao motor

Por não ser corrosivo como os combustíveis líquidos, o Gás Natural Veicular acaba gerando menos desgaste aos componentes do motor. Outro ganho é em relação às trocas de óleo lubrificante, que passam a ser feitas em intervalos maiores.

 

É mais difícil adulterar o GNV

A qualidade do gás natural é analisada antes da sua distribuição. Mesmo assim, sua adulteração nos postos seria tecnicamente mais complexa em comparação aos demais combustíveis. Fraudes não estão completamente descartadas, mas o adepto do GNV tem mais garantias de estar pagando pelo que realmente está consumindo.

 

Incentivo fiscal para veículos com kit GNV

A alíquota do IPVA pode variar a cada estado. No caso do Rio de Janeiro, por exemplo, os veículos movidos a GNV possuem alíquota de IPVA fixada em 1,5%, enquanto carros flex, movidos à gasolina ou a diesel pagam anualmente 4% de seu valor venal (com base na tabela Fipe), garantindo um desconto no imposto de 62,5% em relação aos outros combustíveis.

 

Para obter o benefício, deve-se ter o kit GNV instalado, fazer a Vistoria em Órgão Credenciado pelo Inmetro para então registrar essa mudança no documento do veículo junto ao Detran.

 

Sem riscos de desabastecimento

A recente greve dos caminhoneiros impediu que etanol, gasolina e diesel chegassem às bombas, obrigando muitos consumidores desses combustíveis a deixar o carro na garagem até que a distribuição fosse restabelecida.

 

Já os adeptos do gás natural das regiões onde o Gás é distribuído por gasodutos, conseguiram manter seus veículos rodando mesmo em meio a esse período de crise.

 

Para quem usa o carro como instrumento de trabalho, essa é mais uma vantagem competitiva do GNV, pois é possível contar com o abastecimento seguro e contínuo via gasodutos.

 

Rápido retorno do investimento inicial

Com a redução dos gastos com combustível, manutenção e IPVA, em poucos meses o motorista recupera o valor investido na conversão. Dessa forma, o preço de instalação do kit acaba sendo um fator secundário diante dos benefícios do uso do GNV.

 

Veja quanto é possível economizar com o GNV e o tempo de retorno do investimento com a instalação. Calcule aqui.

 

Mude para GNV com segurança

Presente no Rio de Janeiro e região, a Inove Gás é especialista em apresentar soluções inovadoras no mercado de gás automotivo. A empresa é homologada pelo Inmetro e devidamente capacitada para executar serviços relacionados à instalação do kit GNV com qualidade e em conformidade com os mais rigorosos protocolos de segurança. Entre em contato e solicite um orçamento!